Sobre

Daiana Garbin é jornalista formada pela Universidade de Caxias do Sul e estudante de Psicanálise no Instituto Sedes Sapientiae em São Paulo. Começou a carreira como locutora de rádio aos 18 anos. Aos 24 anos, iniciou a carreira em televisão, foi repórter, editora, produtora e apresentadora. Durante 8 anos trabalhou como repórter na Rede Globo em São Paulo. Em abril de 2016, pediu demissão para criar o Eu Vejo Youtube.com/daianagarbin em que discute questões relacionadas aos transtornos alimentares, autoimagem e saúde mental. O canal EuVejo no YouTube tem hoje mais de 100 mil inscritos e mais 2 milhões de visualizações.

Em outubro de 2017, Daiana lançou pela Editora Sextante seu primeiro livro, Fazendo as pazes com o corpo. http://fazendoaspazescomocorpo.com.br. Na obra, conta como foi conviver por 22 anos com transtorno alimentar e o sofrimento que a relação doentia com a comida causa na vida das pessoas. O livro trata também da relação da autoestima e da autoconfiança na vida das mulheres e traz explicações médicas, entrevistas com psicólogos, psiquiatras e nutricionistas.

Daiana participou de dezenas de entrevistas desde que lançou o livro entre elas:

Saia Justa https://youtu.be/ojumO8flfrU

Encontro com Fátima Bernardes https://globoplay.globo.com/v/6247497/

Mais Você https://gshow.globo.com/programas/mais-voce/noticia/daiana-garbin-fala-sobre-seu-tratamento-para-transtorno-alimentar.ghtml

Domingão do Faustão  https://globoplay.globo.com/v/6378393/

Participou também de entrevistas na Rede TV, TV Gazeta, BAND, jornais de circulação nacional como Folha de São Paulo, Estadão, O Globo, várias Revistas e Rádios.

No euvejo.vc você encontra artigos de profissionais especialistas em saúde mental: psiquiatras, psicólogos, psicanalistas, nutricionistas e educadores físicos, locais para procurar ajuda especializada e também histórias de pessoas que sofrem como você. A primeira história que eu vou te contar é a minha. 

Aqui você não precisa esconder nada. Eu vejo você! Eu entendo você.

Quer mandar a sua história? Me escreva!