A vida perfeita não existe

Daiana Garbin

Numa conversa franca e inspiradora, Daiana Garbin fala sobre culpa, vergonha, inveja, raiva, ressentimento, autopunição e apego ao sofrimento, apontando um caminho para aprendermos a abraçar – em vez de negar – as sombras que fazem parte de nós.

“Estamos adoecendo em busca de pertencimento, aprovação, reconhecimento, amor e felicidade. Convido você a conhecer um caminho novo para uma vida possível, que é muito diferente daquela que idealizamos. Esse caminho começa por aceitar que não existe vida sem sofrimento, e é a sua relação com a dor que vai lhe ensinar a ser mais feliz.” – Daiana Garbin

faça a pré-venda

Sobre o livro

Em 2016, quando decidiu deixar a carreira de repórter de TV para criar o canal EuVejo, no YouTube, Daiana não imaginava que se tornaria uma das principais vozes a falar sobre transtornos alimentares e problemas de autoimagem no Brasil.

Ao lançar Fazendo as pazes com o corpo, em 2017, ela iniciou uma corajosa discussão sobre a busca por um padrão de beleza inatingível e suas implicações em nossa saúde física e emocional. Desde então, recebeu milhares de mensagens de pessoas compartilhando suas angústias em relação ao corpo e à insatisfação com a vida. Essas histórias a levaram a questionar: por que nos sentimos tão incompletas e inadequadas?

Em A vida perfeita não existe, Daiana divide conosco sua jornada à procura de respostas. Com base em estudos, pesquisas, entrevistas com especialistas e depoimentos de leitores, ela traça um panorama da frustração que sentimos ao perseguir um tipo de felicidade irreal e mostra como encontrar coragem para adotar uma nova atitude em relação à vida.

Depoimentos

Conheça a autora

Daiana Garbin

Daiana Garbin é jornalista formada pela Universidade de Caxias do Sul. Começou a carreira como locutora de rádio aos 18 anos e, aos 24 anos, estreou no jornalismo televisivo, atuando como repórter, editora, produtora e apresentadora. Durante 8 anos trabalhou como repórter de TV na Globo em São Paulo. Em abril de 2016, pediu demissão para criar o EuVejo, canal no YouTube em que discute as questões relacionadas ao corpo, à autoimagem, à saúde e à alimentação.

Acompanhe a autora