Precisamos ensinar respeito a todos os tipos de corpos.

29 de maio de 2018

Estou muito preocupada porque meninas, cada vez mais jovens, já estão sendo julgadas pela forma do corpo. Já estão fazendo dieta porque querem ter um corpo X ou Y. Já não comem certos alimentos porque “é proibido”. Já estão no Instagram admirando o corpo das blogueiras fitness e celebridades que vendem cintas para afinar a cintura e whey protein.

Estas meninas e adolescentes já tem certeza que somente com um corpo X serão felizes e serão amadas.

Outro dia vi no Instagram um vídeo com duas crianças que deveriam ter 6 ou 7 anos. Elas estavam fazendo caminhada e uma voz feminina, ao fundo, dizia: “isso meninas vamos caminhar pra ficar bem magrinha”.

Não, não estou usando o raio problematizador, estou apenas triste, preocupada e com medo porque assim milhares de meninas vão adoecer.

Eu comecei a ter vergonha do meu corpo de tanto ouvir as pessoas ao meu redor dizendo que nada é pior do que ser gorda e tem de fazer de TUDO para ser magrinha. Essa mensagem é perigosa. Destrói vidas.

Ensinar uma criança que ela deve fazer dieta e ginástica porque ser gordo é feio pode ter um efeito devastador.

Estamos vendo uma geração inteira ficar doente pela forma física perfeita. E isso vai piorar se não mudarmos.

Vamos continuar fazendo isso? Por que estamos ensinando nossas crianças que o corpo delas está errado?

Precisamos parar de dizer para as crianças que o corpo gordo é feio. Precisamos ensinar respeito a todos os tipos de corpos. 

Ensinar para nossas filhas e filhos que o valor de uma pessoa NÃO está no formato no corpo. Precisamos educar para a positividade corporal, para o respeito e amor ao nosso corpo e ao corpo das outras pessoas.

Aprender a respeitar, aceitar e amar o seu corpo pode transformar a sua vida e pode transformar a vida de todas as crianças que vivem ao seu redor. Pense nisso com carinho.

0